A informalidade dos laranjas na fronteira Brasil/Paraguai

Adriane dos Santos de Barros

Resumo


Este  trabalho  tem  por  finalidade  refletir  sobre  as experiências  e  modos  de  viver  dos  chamados  “laranjas”  na fronteira do Brasil com o Paraguai, mais especificamente Foz do  Iguaçu/  Ciudad  Del  Este,  no  período  entre  2000  a  2006.Analisando  as  dimensões  vivenciadas  por  esses  sujeitos  no decorrer  de  suas  atividades  diárias,  articuladas  com  uma problemática  muito  mais  ampla  que  é  o  setor  informal  no Brasil, o qual cresce a cada dia  sem percebermos, e que vem afetando  grandes  e  pequenas  cidades  como  é  o  caso  do município  de  Foz  do  Iguaçu muito  conhecido  também  como uma cidade turística, devido às belezas das Cataratas do Iguaçu e da Itaipu Binacional, e sem esquecer do livre comércio com o Paraguai que acontece sobre a Ponte da Amizade.


Palavras-chave


Informalidade; trabalho; desemprego; laranja; fronteira

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.