PREOCUPAÇÃO DOS INDIVÍDUOS FRENTE AO ENVELHECIMENTO

Sidnéia Mardegan, Fabiana Skiavine Moya da Silva

Resumo


A alimentação é fundamental para todos os seres vivos, é a expressão das mais variadas culturas, fato este que colabora para a diversidade de comidas e estilos alimentares. O presente trabalho teve como objetivo analisar os hábitos alimentares de indivíduos que estão com 40 anos ou mais, buscando dados para tentar saber se, com todas as descobertas científicas a respeito do quão importante é o cultivo de hábitos saudáveis no decorrer da vida, estes já as estão utilizando. Teve ainda por objetivo verificar se os indivíduos com 40 anos ou mais preocupam-se em modificar seus hábitos de vida, identificar se têm preocupação com um envelhecer saudável, avaliar se a preocupação destes é maior com a atividade física ou com hábitos alimentares. A amostra foi composta por 100 indivíduos, frequentadores de três supermercados de São Miguel do Iguaçu-PR, abordados de forma aleatória, sendo 70 mulheres e 30 homens. A avaliação foi realizada através de um questionário. Como resultado o consumo alimentar mostrou-se variado, porém, muitas vezes inadequado. 75% dos entrevistados disseram-se preocupados com o modo como estão envelhecendo. Conclui-se que, por serem indivíduos com maior probabilidade de aparecimento das complicações ocasionadas pelo processo natural de envelhecimento, e sabendo que no Brasil houve um aumento da expectativa de vida e, com isso, um aumento da população de idosos no futuro próximo, ressalta a importância de implementações de trabalhos de educação alimentar e nutricional, voltados a esta população.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.