AVALIAÇÃO DA OBEDIÊNCIA À DIETA ISENTA DE GLÚTEN EM PACIENTES PORTADORES DA DOENÇA CELÍACA EM FOZ DO IGUAÇU-PR

Marta P. da Silva, Tatiana Fernandes Cardoso

Resumo


A doença celíaca é definida como uma intolerância permanente ao glúten, fração protéica do trigo, aveia, cevada, centeio e malte que produz lesão na mucosa do intestino delgado, principalmente em sua parte proximal, levando à atrofia de vilosidades, hipertrofia e hiperplasia de cripta e conseqüentemente má absorção de nutrientes. A doença ocorre em indivíduos geneticamente predispostos.

O tratamento da doença celíaca é basicamente dietético, ou seja, exclusão total do glúten da dieta por toda vida.

A presente pesquisa teve por objetivo avaliar a obediência à dieta isenta de glúten dos pacientes portadores de doença celíaca de Foz do Iguaçu-PR. Foram avaliados 31 pacientes  no período de Julho a Agosto de 2009, de ambos os sexos, sendo crianças, adolescentes e adultos com idade entre 2 e 61 anos.

De acordo com a pesquisa verificou-se que a faixa etária de maior obediência ocorreu entre os pacientes adolescentes com 50%, seguido dos adultos com 29% e crianças com 16,2% e 4,8% não foi possível verificar o grau de obediência através do registro alimentar de 3 dias.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.